• Gabriela Rangel

𝑅𝑒𝑠𝑒𝑛𝘩𝑎 || 𝐶𝑜𝑟𝑡𝑒 𝑑𝑒 𝑁𝑒́𝑣𝑜𝑎 𝑒 𝐹𝑢́𝑟𝑖𝑎


Ei amoras, tudo bem com vocês? Hoje trago a resenha da bíblia mais amada e odiada desse mundo literário! É o meu livro favorito da vida.


SIM, VAI TER SPOILER, PRINCIPALMENTE DO LIVRO 1. PARE AQUI SE NÃO GOSTA DE SPOILER!


Sinopse:

Nessa continuação, a jovem humana que morreu nas garras de Amarantha, Feyre, assume seu lugar como Quebradora da Maldição e dona dos poderes de sete Grão-Feéricos. Seu coração, no entanto, permanece humano. Incapaz de esquecer o que sofreu para libertar o povo de Tamlin e o pacto firmado com Rhys, senhor da Corte Noturna. Mas, mesmo assim, ela se esforça para reconstruir o lar que criou na Corte Primaveril. Então por que é ao lado de Rhys que se sente mais plena? Peça-chave num jogo que desconhece, Feyre deve aprender rapidamente do que é capaz. Pois um antigo mal, muito pior que Amarantha, se agita no horizonte e ameaça o mundo de humanos e feéricos.

Após os acontecimentos de Corte de Espinhos e Rosas, onde Feyre derrotou Amarantha, morreu e voltou a vida graças aos poderes dos sete Grão-Senhores, ela se encontra na Corte Primaveril e está com o casamento marcado com Tamlin. 

Mesmo depois de três meses, Rhysand, o Grão-Senhor da Corte Noturna, ainda não impôs o pacto que eles fizeram Sob a Montanha, mas todos sabem que isso não ficará assim por muito tempo.

Enquanto isso, Feyre leva uma vida pacata na Corte Primaveril, onde Tamlin a restringe de tudo, com o discurso de que a deseja proteger. Ela está cansada de ser tratada com um objeto e ainda tem que lidar com as memórias aterrorizantes de Sob a Montanha, que são materializadas através de pesadelos.

"Queria não sentir nada. Queria que meu coração humano tivesse mudado com o restante, se transformado em mármore imortal. Em vez do pedaço de escuridão em frangalhos que agora era, vazando pus para dentro de mim."

Quando a iminência de uma guerra chega e tanto os humanos como os feéricos estão correndo perigo, Feyre quer estar por dentro de tudo. Porém, Tamlin não deseja o mesmo, ele quer "protegê-la". Desta forma, ela acaba deixando a Corte Primaveril e indo de vez para a Corte Noturna. 

Junto com Rhys, Feyre vai finalmente explorar os poderes que adquiriu dos sete Grão-Senhores e ser peça fundamental na guerra que está prestes a iniciar.

"Eu parecia... Parecia que o ódio, o luto e o desespero tinham me devorado viva, como se eu estivesse, de novo, faminta. Não por comida, mas... mas por alegria e vida..."

Tudo nesse livro pra mim foi lindo! Desde o crescimento dos personagens até o desenrolar do Transtorno de estresse pós-traumático da nossa personagem principal!

Meu querido Grão Senhor — Rhysand — só tenta ajudar a Feyre e o desenrolar do romance deles é TUDO — CAPÍTULO 55 É A PERFEIÇÃO MEU DEUS — Não quero falar tanto do nosso casal principal, pois quero que vocês tenham o mesmo gosto doce de felicidade quando eu li cada página dos dois juntos.

Como vocês sabem, eu sou #00 stan da Sarh J. Mass e com certeza foi aqui que ela me conquistou... Ler todas as obras dela só foi uma consequência de um trabalho impecável!

Algo que me pegou de surpresa foi quando eu percebi o relacionamento abusivo do Tamlin. Isso não só aconteceu comigo, acho que ocorreu com muitas pessoas. No primeiro livro, os acontecimentos foram tao sutis que enquanto você está lendo o primeiro, você sente um gosto estranho, você sabe que tem algo errado, só não sabe o que é!

“Eu não era um animal de estimação, nem uma boneca, nem um animal.

Eu era um sobrevivente e era forte.

Eu não seria fraco, ou desamparado novamente,

não seria, não poderia ser quebrado.Domesticado."

Também não esqueçamos dos novos personagens que apareceram: eu me apaixonei completamente pelo Inner Circle: Mor, Cassian, Azriel e Amren! Cada um com sua própria história que me deixou muito ansiosa por explicações.

A apresentação de Prythian também não fica para trás. No primeiro livro só conhecemos aquela pequena área da Corte Primaveril e nessa continuação vemos um mundo completamente novo e maravilhoso. Cada corte com suas peculiaridades e veremos muitas delas no próximo livro.

Enfim, foi uma de minhas melhores leituras da vida e superou muito o primeiro livro, que era realmente introdutório, omitindo metade do que essa estória realmente é.

Há uma importância palpável aqui, não considero uma simples fantasia para ler e se distrair, ela faz você pensar também. Pensar sobre escolhas, sacrifícios, sobre o amor e como ele é representado.

É uma obra fantástica, de verdade, vale total a pena conhecer.

"Para as pessoas que olham para as estrelas e desejam, Rhys."

Rhys bateu o copo contra o meu. "Para as estrelas que ouvem - e os sonhos que são respondidos."



Título: Corte de Névoa e Fúria

Série: Corte de Espinhos e Rosas, Volume II

Autora: Sarah J. Mass

Páginas: 658

Editora: Galera Record

Nota: ★★★★★ + ❤